Cuidado com os Clientes Tóxicos


Qualquer que seja o seu segmento, com certeza você já ouviu alguma dessas objeções.


"Achei muito caro! Meu sobrinho faz mais barato."


"Eu não queria investir tudo isso agora."


"Pensa num precinho legal, afinal, vamos crescer juntos."

Você estuda, se prepara, busca conhecimentos técnicos sobre o seu produto/serviço, investe tempo e dinheiro em aprimoramento e qualificação, se especializa, mas o seu cliente sempre traz esse tipo de objeção na hora de fechar um negócio?

Isso é o que chamamos de cliente tóxico: ele é pouco ou nada empático, só pensa em ganhar vantagens em cima de qualquer negociação, desqualifica a história do seu negócio e o seu empenho para entregar o melhor aos clientes e tenta, o tempo todo, comparar o seu trabalho com o de aspirantes, estagiários ou profissionais pouco qualificados.

Para esse tipo de cliente, mostre que o seu trabalho tem valor, que vai além do preço. Explique como funciona todo o processo que envolve o desenvolvimento do seu trabalho e os porquês. Eduque os seus clientes tóxicos! E, se ainda assim, não for suficiente, você não é obrigado a atendê-los. Decida pelos clientes que reconhecem o valor do seu trabalho!